quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Livro - De Repente Grávida

Postado por Luana Ciriaco às 17:00

 

 

A DESCOBERTA




Quem nunca passou por um momento difícil na vida e acreditou que Deus estava lhe pregando uma peça? Todos nós passamos por isso, e acredite quando digo todos. Temos o mal habito de acreditar que coisas ruins, ou que julgamos ruins em um determinado momento, só acontecem com os outros, mas não se engane isso é mentira. Quando você menos espera algo de errado acontece e, na maioria das vezes é preciso muito mais do que força de vontade para seguir em frente.
Ver uma amiga ficar grávida aos 16 anos é a coisa mais fácil do mundo, aconselhamos a não desistir e prometemos ficar juntas em todos os momentos, não precisamos nos preocupar no como os pais delas vão reagir, se o namorado vai assumir, se vamos cumprir nossa promessa, se continuaremos amigas até o dia do nascimento, na verdade não temos nenhuma obrigação de ajuda-la.
Parece fácil quando olhamos por esse lado, mas se a tal adolescente “sem juízo” for a sua filha ou a sua irmã?
O que fazer quando o problema está dentro da sua casa?
As coisas tornam-se um pouco mais complicada quando paramos para pensar desse jeito, somos um tanto egoísta, digamos que, nos colocar no lugar dos outros não é uma coisa que fazemos com freqüência, mas não se preocupe você não está sozinho no mundo, existem milhares de pessoas que pensam como você, eu já pensei assim, e foi preciso passar por essa situação para enxergar as coisas como elas realmente são.
Certas coisas não mandam aviso, você dorme tranqüilo e despreocupado, e no dia seguinte acorda com o teto sobre sua cabeça. Descobrir que minha irmã mais nova estava grávida foi um espanto, de certa maneira aquela noticia desestruturou um pouco a nossa família, por mais que tentássemos não dava para culpar ninguém, era preciso aceitar a situação e saber lidar com ela.    
No inicio é muito difícil, mas com o tempo essa dificuldade passa e a aceitação torna-se mais fácil, não dá para dizer que, ficamos contentes e fizemos uma festa de agradecimento, na verdade fingimos que não estava acontecendo nada, nesses casos a realidade só vem a tona quando vemos a barriga crescer e, sentimos o bebê se mexer.
Depois de nos preocuparmos com o que os outros vão dizer, vem às preocupações com as instalações, o nome, o sexo, e todas as atenções que o bebê necessita, mas não se preocupe depois do sufoco algumas coisas melhoram, outras pioram, e você acaba aprendendo a viver com elas.
Às vezes ter um bebê parece ser a pior coisa do mundo, é claro que uma criança vinda na hora errada complica um pouco as coisas, mas se em algum momento ficar presa a esse pensamento, pense que, é um presente de Deus, um anjo que ele colocou em sua vida, e que vai te ajudar a escolher o caminho certo. Por mais difícil que pareça é preciso ver o lado bom das coisas, encarar a realidade faz parte do processo, uma criança não bate na sua porta e pergunta se pode entrar...

  

O NASCIMENTO




Depois do nascimento vem o momento mais complicado de todos, o primeiro choro, a troca de fralda, o passeio matinal, e as noites de sono frustradas, que na minha opinião são as piores, mas não se preocupe isso passa com o tempo e o pior é que você vai sentir falta. Nem tudo é ruim, existem muitas coisas boas “nessa troca de fase”, o primeiro sorriso, os gritinhos, o brilho no olhar, fora que, em uma família conturbada uma criança pode mudar tudo.
O que parecia ser a pior coisa do mundo tornou-se uma benção em nossas vidas, com o Pedro Henrique foi assim, e com alguma amigas também, pense que, com você não vai ser diferente. Às vezes me pergunto como um ser tão pequeno pode transformar nossa vida e nos deixar com aquela cara de bobo, mas pra falar a verdade nunca tenho resposta. Nesse caso acredito que a diferença está em não saber a resposta, em ser surpreendido a cada dia, em descobrir com o tempo a razão da turbulência. Aprendemos que o certo é sabermos de tudo, mas não se engane na maioria das vezes não sabemos de nada e sempre metemos os pés pelas mãos, errar é normal o anormal é persistir no erro.
Não pense que as coisas vão acontecer no seu tempo, por mais que, você acredite que esse não é o momento, as coisas sempre acontecem no tempo certo, e nós só percebemos isso com o passar dos anos. Não se preocupe com o que os outros vão dizer, o fato é que não dá para voltar atrás e apagar o que fizemos, então aprenda a viver com as conseqüências dos seus atos, e acredite você tem mais coisas a aprender do que a ensinar.
Depois que aquele ser frágil e indefeso entra em sua vida e transforma tudo em que você acredita, nada volta a ser como era antes, essa é a mais pura verdade, talvez ele seja a única pessoa no mundo que vai te despertar para a vida, o ser capaz de te dar forças para lutar, de fazer você sentir o quanto seus pais te amam. Acho que a parte mais difícil é aceitar que os nossos pais estavam com a razão, e que mesmo assim fizemos as escolhas erradas. Com tudo chorar pelo passado, não nos leva de volta, mas acreditar que o futuro pode nos revelar grandes surpresas é um bom começo.

Não desista, siga em frente...

Isso não quer dizer que você pode sair por ai fazendo o que bem entender, na verdade o melhor é esperar o momento certo. Ter a responsabilidade de cuidar de uma criança é muito mais complicado do que você imagina, não pense em jogar suas responsabilidades em cima dos seus pais, ás vezes isso parece muito cômodo, mais a única pessoa que vai sofrer com o passar dos anos é você. Pense bastante antes de trazer uma criança ao mundo, lembre-se que, por mais difícil que seja tudo fica mais fácil quando temos o apoio da família, e que nem sempre é assim. Minha irmã teve sorte, apesar dos problemas, que você acaba enfrentando com ou sem apoio, ela podia contar com toda a família. Se você tiver essa sorte aproveite a chance que Deus está te dando para recomeçar e faça as escolhas certas, mas se por um acaso estiver sozinha, pense que, são as dificuldades que nos tornam uma pessoa melhor e não as facilidades. Se esforce o máximo que puder para o ser o maior orgulho dessa criança, pois só assim terá força para seguir em frente.




O TEMPO


Já diz o ditado “Depois da tempestade vem a bonança”, ou seja, não perca muito tempo pensando no amanhã, ás vezes ele passa e você nem percebe. Descubra como essa criança pode mudar sua vida, saia, curta os momentos, a vida fica muito melhor quando você dedica o seu tempo a pessoa que ama. Seja uma mãe ou um pai presente, não deixe nada para amanhã, faça da sua vida uma história incrível, cheia de aventuras e experiências.
Tente chorar o menos possível, agradeça mais, reclame menos, olhe pros lados antes de atravessar a rua, converse, faça amigos, escreva um livro, compartilhe suas experiências, ajude as pessoas, viva um dia de cada vez. Lembre-se que a vida não é complicada, que somos nós que a tornamos difícil, que são as nossas escolhas que nos direcionam ao abismo ou a vitória. Você é capaz de conseguir tudo o que deseja, só precisa ter força de vontade, e é claro paciência. Não desista no primeiro obstáculo, não arrume um culpado para os seus erros, não se culpe demais, encare o problema, mostre aos outros o quanto é capaz.
Não deixe os outros dizer o que você tem que fazer, e muito menos como fazer, pedir ajuda não quer dizer que o outro deve resolver o seu problema. Ter uma orientação de uma pessoa mais experiente no assunto pode te ajudar a fazer a escolha certa, mas fique atento para não confundir a palavra “Orientação” com “Obrigação”.  Na maioria das vezes as pessoas se metem demais e acabamos achando que elas são obrigadas a nos ajudar.
Pare de pensar no pior, pense que, independente das nossas escolhas teremos dias bons e dias ruins, lembre-se que, na época dos nossos pais as coisas eram piores, as meninas casavam por conveniência e tinha filhos aos treze anos, o pior é que não era apenas um, eles sempre vinham em carreira, conheço história de mulheres que tiveram doze filhos. O melhor é pensar que tudo vai melhorar e que um dia vai está rindo de tudo o que passou. Não tenha medo de ser feliz, compartilhe com o seu filho os melhores momentos de sua vida, conte ao mundo como você superou os seus problemas, aconselhe as pessoas a olhar para frente.

Não esqueça, ninguém está imune de passar por isso...

Não pensei que a minha família passaria por uma situação dessas tão cedo, mas aconteceu, e hoje somos muito felizes com o Pedro Henrique, ele é um anjo de luz, que trouxe alegria e união para nossas vidas. Temos consciência de que este não era o melhor momento para minha irmã arcar com tanta responsabilidade, mas Deus sabe de todas as coisas. Enfim não procure pensar apenas no pior, faça sua parte, aprenda com seus erros, e curta essa nova experiência, tenho certeza que a vida te reserva muitas surpresas, e que você vai encontrar nessa criança um motivo para viver. Comece limpando o rosto, pare de chorar, tire essa cabeça do travesseiro, veja que do lado de fora existe muita gente em situação pior que a sua, e lembre-se um filho é melhor que uma doença.



FIM
 

*** Luana Ciriaco*** Copyright © 2009 Paper Girl is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal