quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Postado por Luana Ciriaco às 16:30

 

Crepúsculo



Estive presa em um vale sombrio;
No lugar onde o nada habita, conheci a solidão;
A morte estava próxima dali;
Vi os meus olhos fecharem;
E, tive medo de abri-los;
A minha alma estava fora do meu corpo;
Havia perdido o meu coração;
Tão corrompida quanto uma pecadora;
Tive meus sonhos perdidos e, duvidava da salvação;
Quando tudo parecia ser nada;
Encontrei o clarão.
  
                                            
                                              Luana Ciriaco

1 comentários on " "

Cesar S. Farias disse...

Felizmente, pra cada situação difícil da vida, há um clarão no firmamento.

Postar um comentário

Obrigada pela visita!

 

*** Luana Ciriaco*** Copyright © 2009 Paper Girl is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal